quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Adoro o pau de selfie


Sim. Gosto muito do selfie stick ou pau de selfie como se diz no Brasil, a língua é a mesma mas, os brasileiros têm mais facilidade e menos pudor na tradução  ou criação de estrangeirismos para o que chega de fora.
Gosto do pau porque, como alguns já sabem, tenho que passar frequentemente à porta do 'Portugal dos Pequeninos' e desde que ele se tornou popular sou menos abordada pelos turistas para lhes tirar fotografias à entrada do parque. O que me evita bastantes embaraços.
Quando passo em frente ao 'Portugal dos Pequeninos' passo porque vou tratar de algum assunto não estou de férias, a maioria das vezes passo porque vou apanhar um transporte público qualquer, tenho horários a cumprir pelo que recusava muitas vezes parar para tirar a dita fotografia.
Quando ia na minha vidinha e ao portão do 'Portugal dos Pequeninos' avistava uma família, disposta por alturas, a apontar para um familiar que se passeava à frente deles tentando elaborar um plano para ficar também na foto, já sabia o que ia acontecer.
- Ó menina fazia o favor de nos tirar uma foto. - a maioria abordava-me em português com sotaque de quem vive fora há muito, outros faziam-no em inglês.
- Lamento, não posso. Estou atrasada para o autocarro.
Alguns colocavam um ar tão ofendido que pareciam querer bater-me e os familiares, que estando mais afastados não me ouviam, gritavam coisas pouco simpáticas acerca da minha falta de simpatia e disponibilidade para quem me visita.
Questionei-me muitas vezes no meu papel de anfitriã da cidade e do país, ponderei até passar a responder - Claro que tiro! Eu tiro a foto, perco o autocarro, consequentemente o emprego mas, vocês ficam com a foto.
Felizmente, apareceu o pau de selfie e não foi necessário. Os turistas das fotos quase deixaram de me abordar pelo que eu adoro aquele pauzinho.





12 comentários:

  1. O "não" é uma conquista da maturidade, muito embora, na infância, ele possa ser usado com alguma inconsequência pelas criancinhas.
    Sobre ele, "não", disse o Pe. Vieira algumas verdades sérias.
    Bom resto de tarde!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. saber ouvir não também deve ser uma conquista.
      Boa tarde!

      Eliminar
  2. No Portugal dos Pequeninos
    sempre a passo
    mas em frente

    ResponderEliminar
  3. Nunca tinha visto as coisas por essa perspectiva :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. quem tem o azar de morar junto a sítios turísticos pensa :)

      Eliminar
  4. Respostas
    1. Podias dedicar-te às coisas bonitas.
      Temos aqui falado, quer dizer não é bem falar que eu gosto pouco dessa cousa de fazer cócegas ao ego partilhando e exibindo uma suposta bagagem cultural interessante mas, temos aqui referido filmes interessantes, só porque calha sem exibicionismo, dedica-te aos filmes...

      Eliminar
    2. sou muito picuinhas com os filmes...

      Eliminar
    3. Esquisitinho, pfff
      Pois então escreve do q gostas ou não. Mas, não dês estrelas como os senhores dos jornais que elas já são poucas e fazem-nos falta.

      Eliminar
    4. já o fiz uma ou duas vezes... só do que gosto, do que nã gosto, normalmente nã perco tempo.

      Eliminar
    5. fazes muito bem, não percas tempo.

      Eliminar