segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Pirateada


Ando sem grande paciência para coisas ou pessoas.
Faço o indispensável. Passei o fim-de-semana quase todo em casa, fui às compras, à sala de espectáculos vizinha garantir uns bilhetes, fiz sopa para o jantar e para o resto da semana e pouco mais.
Depois de jantar o facebook convidou-me a ver onde tinha iniciado sessão, acedi e fiquei a saber que nas ultimas 24h00 tinha acedido ao facebook em Gaia e em Lisboa. Sentia-me mal por ter tido um fim-de-semana pouco produtivo mas afinal, segundo o facebook, fartei-me de passear ou alguém o fez por mim.

Interrompo várias vezes a minha utilização de facebook, fi-lo recentemente mas, como mudei de trabalho e é uma forma de contacto útil entre colegas voltei a utilizar. Uso-o como agregador de informação e partilho artigos cuja leitura interrompo por alguma razão, ficam lá para que termine de os ler quando tiver tempo, não ando à procura de 'gostos'. Quem teria interesse em aceder ao meu facebook? Não tenho lá segredos. E, porquê Gaia? E Lisboa?

Sinto-me pirateada. Nada tenho a perder pois não tenho tesouros mas, sinto-me invadida.
São os riscos que corremos por andar neste mundo virtual. Antigamente só nos espreitavam quando estávamos em casa se deixássemos as cortinas abertas.





11 comentários:

  1. Respostas
    1. pode não ser nada mas, leva-nos a imaginar coisas

      Eliminar
  2. O melhor será mudares rapidamente a palavra passe que é para não te ficarem com a conta!
    um beijinho e uma boa semana

    ResponderEliminar
  3. Devassa é a palavra de ordem por estes nossos dias!

    Beijos, Tétisq :)

    ResponderEliminar
  4. O endereço do meu blogue mudou. Deixo aqui o novo link
    http://umintervaloparacafe.blogs.sapo.pt

    Um beijo!

    ResponderEliminar
  5. o meu computador nã pode com o fb, diz que o agasta, por isso nem sei onde anda o meu...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. deixas que ande por aí com rédea solta e ainda vai parar à china ou ao japão...

      Eliminar