terça-feira, 13 de junho de 2017

Pastorícia e outras coisas...


A Nova Iorque nunca senti sequer o cheiro, não me faz falta conhecê-la para perceber isto, aqui


ps. disponível para visitas guiadas.





 

3 comentários:

  1. Tétisq! :-)
    Podia lá a Sontag saber alguma coisa de pastorícia: as ovelhinhas, coitadas, finar-se-iam-na exiguidade herbal do Central Park. Uma penúria.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. sugiro uma combinação: guio-te por Vila Meã, levo-te a ver a casa onde a Agustina viveu, as casas que o Nobre frequentava, a casa do Amadeo, a casa onde nasceu o José do Telhado, os moinhos, a Rota do Românico, os sítios onde eu brincava na infância, as melhores paisagens... e tu levas-me a Nova Iorque.
      :)

      Eliminar
    2. *a Agustina não tem memórias de viver (em) Vila Meã.

      Eliminar