sábado, 10 de junho de 2017

Procura-se cor


Se tivesse que atribuir uma cor à minha vida seria sépia. As estórias que conto para a colorir não chegam a ter H, são pouco mais do que momentos que não quebram o ciclo.
Sinto-me confortável em sépia, confesso, mas preciso de cor e de Hs.




4 comentários:

  1. Respostas
    1. hum!?
      Os meus são todos cinzentos e gosto deles assim, que venham mais. Coloridos, dispenso. Dão muito trabalho.

      Eliminar
  2. tão triste e tão bonito, Tétisq

    dizem que as cores estão nos nossos olhos e não nas coisas que vemos. talvez tenhamos nascido com olhos sépia.

    um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ou é um filtro a que o cansaço me obriga a recorrer muitas vezes...

      Abraço

      Eliminar