Até que um dia temos uma ideia

Um incêndio no arquipélago espanhol das Canárias em que morreu um guarda-florestal foi provocado por um cidadão alemão que tinha feito as suas necessidades na mata e pegou fogo ao papel higiénico, anunciaram esta quinta-feira as autoridades.

O homem "declarou aos agentes que provocou o incêndio acidentalmente, depois de ter defecado e ter ateado fogo ao papel higiénico utilizado", de acordo com um comunicado da polícia.



Comentários

Enviar um comentário